O juiz de plantão na Comarca de Caicó, André Melo Gomes Pereira, decretou a prisão preventiva do comerciante caicoense, que está sendo acusado de abuso sexual contra uma criança de 11 anos. O fato veio à tona na manhã desta segunda-feira, (21), depois que a menina resolveu contar o que estava acontecendo para a sua mãe. Revoltada com o relato da filha, a mulher acionou a Polícia e o homem foi preso.
O delegado, Igor Pessoa, ouviu todas as pessoas envolvidas no caso e remeteu o flagrante para que o juiz homologasse. O suspeito nega que tenha abusado da criança.
Na tarde desta terça-feira, (22), um médico legista vai à Delegacia de Polícia Civil, para realizar o exame de corpo de delito no suspeito e em seguida, ele será encaminhado para a Penitenciária Estadual do Seridó, onde ficará à disposição da Justiça.
Laudo
O laudo médico feito por um legista, já está em poder do Delegado Igor Pessoa e não atestou que houve conjunção carnal, mas, que o órgão genital da criança estava com uma aparente irritação, além de um pequeno ferimento.
O exame de corpo de delito na criança não foi feito no ITEP e sim nas dependências do Hospital do Seridó, onde o médico estava.
A mãe da criança procurou o Blog Sidney Silva, para reafirmar o que a menina lhe contou sobre o fato. “Ele ficava por cima dela, mas, não penetrava com o pênis a sua vagina. Ele ficava botando o dedo e se masturbando, isso pode ter provocado o ferimento e as lesões”, disse.
Fonte: Sidney Silva