19 de novembro de 2014

Cineasta caicoense conquista R$ 1 milhão para produzir minissérie nacional de 12 capítulos

edson soares
O caicoense Edson Soares é um vitorioso. Não pela carreira reconhecidíssima de cineasta, mas por fazer cinema por amor e, principalmente, por produzir. Edson é um cineasta inquieto. Gosta de estar no set de filmagem. E hoje ele recebe a notícia de que a Agência Nacional do Cinema (ANCINE) anunciou um amplo pacote de investimentos, no valor de R$ 41 milhões, que beneficiará a realização de 88 projetos de filmes e séries de TV. E adivinha? Entre eles está o projeto de Edson, no valor de R$ 1,1 milhão.
Edson conseguiu aprovar dois projetos de cinema financiados com recursos federais em menos de duas semanas. O primeiro é o longa Amsterdã, baseado no período holandês em solo potiguar, que recebeu R$ 171 mil para sua finalização. E hoje, a notícia de que a série de TV Omicron também foi aprovada pela Ancine. Detalhe: o cineasta teve um curta-metragem baseado em um conto de Câmara Cascudo reprovado em edital da Funcarte. Santo de casa não faz mesmo milagres.
A operação da Ancine faz parte do programa do governo federal Brasil de Todas as Telas, que utiliza recursos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) para incentivar o desenvolvimento de toda a cadeia do audiovisual brasileiro. O projeto de Edson é uma minissérie a ser produzida no RN, pela sua produtora Engady Cine Video. A obra tem distribuição da FM Produções (Rio de Janeiro) e consultoria da gaúcha Panda Filmes (co-produtora da minissérie O Tempo e o Vento). A exibição será pelo canal Prime Box Brasil.
“Omicron” é uma minissérie de ficção científica e aventura, captada em alta definição (4K), para ser exibida em formato de 12 episódios (de cerca de 40 minutos cada um). A série posteriormente será exibida no circuito de salas digitais de cinema (em formato DCP) numa versão reduzida de até 120 minutos. Em seguida comercialização em PPV, VOD, além da venda em boxes de DVD e Blu Ray com a obra completa. A história se passa no futuro, na região Nordeste e na Amazônia de 2080. O roteiro é livremente inspirado no conto “O Imortal”, de Machado de Assis, com doses extras de drama, magia, aventura e ação.
Por Substantivo Plural

Réu confesso da morte do professor Toinho é condenado pelo tribunal do Juri em Caicó


aAA
O Tribunal do Juri Popular condenou a 20 anos de reclusão Alex Endrel Soares dos Santos. Ele é réu confesso da morte do professor Antônio Dantas de Oliveira, o “Professor Toinho”. Atuou na acusação do réu, o promotor, Geraldo Rufino de Araújo Júnior, auxiliado pelo advogado, Guerrison Pereira de Andrade.
A morte do professor Toinho, aconteceu no dia 19 de abril de 2009, no interior de seu apartamento na Rua Pires Ferreira, no centro de Caicó. Ele foi assassinado com golpes de faca.
Antônio Dantas de Oliveira, o "Professor Toinho"
No dia 28 de outubro do mesmo ano, a Polícia Civil, prendeu Alex Endrel Soares dos Santos, então com 18 anos, sob a acusação de ser o assassino de Toinho. Depois de ser preso, Andrel confessou na Delegacia de Polícia Civil que matou o professor a facadas, ambos discutiram entrando em luta corporal. O professor teria se armado com uma faca e investido contra ele (Andrel), mas, este tomou a faca e o atingiu com vários golpes. Em seu depoimento, inclusive, espontâneo, Alex Andrel, também confessou que ligou pessoalmente para a Polícia Militar informando que tinha um corpo no local do crime.
O corpo de Toinho foi encontrado pela policia na madruga do dia 21 de abril, e, no local haviam várias marcas de sangue, o que mostrou a brutalidade do crime. Foram encontrados sinais de que houve bebedeira no local e que Toinho tentou se livrar da morte, em luta corporal com o autor do homicídio. O educador sofreu pelo menos três facadas em cima do coração e uma mais profunda no pescoço onde foi deixada a faca encravada.

Ele (Toinho), era vice-diretor da Escola Estadual Monsenhor Walfredo Gurgel, no Bairro Paraíba. O juiz Luiz Cândido de Andrade Villaça, titular da Vara Criminal da Comarca de Caicó presidiu os trabalhos que terminou por volta das 20 horas.
Fonte: Cardoso Silva

Forte chuva banha cidade de Currais Novos


cc
chuv

Sem esperar, curraisnovenses foram agraciados com uma forte chuva na tarde desta terça. Agora é só aguardar para que ela possa acontecer com mais força em toda a região Seridó do RN. 
Aproximadamente 30mm de chuva, o suficiente para inundar algumas ruas de Currais Novos. Uma delas, a Presidente Kennedy que ficou quase impossibilitada de trafegar veículos. 
A chuva que durou cerca de 30 minutos encheu de esperança os curraisnovenses que passam por um pesadelo no abastecimento de água, haja vista que os dois reservatórios que abastecem a cidade estão “secos”. 
A pluviosidade aconteceu exatamente no dia em que uma equipe do DNOCS estava no município realizando perfuração de 47 poços. Jean Souza.
Fonte: Edna Maria

Pra fazer muito mais...


A deputada federal Fátima Bezerra (PT) participa da assinatura da ordem de serviço para elaboração do projeto de modernização da estrutura do sistema de trens urbanos Natal.
Na ocasião, a deputada recebeu a excelente notícia de que em até 15 dias o tão sonhado VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) entrará em funcionamento, trazendo mais conforto e rapidez para o usuário.
Participaram da reunião o Diretor Técnico da CBTU, Sérgio Sessim; o Superintendente da CBTU/Natal, João Maria Cavalcanti; e representante da EPC Engenharia, Carlos Alberto.
Em tempo: Equipamentos foram adquiridos graças ao PAC 2. O terceiro VLT será entregue agora em dezembro.
 
 
 
Créditos: Tiago Dantas